Por que reiniciar o computador parece resolver tantos problemas?

Publicado por Recife Tecnologia em

Não é nenhum segredo que desligar seu computador – ou roteador, ou tablet etc. – e ligá-lo novamente parece resolver diversos problemas. Mas por quê? 

Basicamente, nenhum software está livre de bugs, e às vezes eles começam a se acumular, ou impedem que você use seu gadget. Para se livrar dos erros, é mais fácil (e mais rápido) recomeçar do zero, em vez de identificar e resolver os bugs. Claro, eles ainda estarão lá, e podem aparecer de novo: por isso reiniciar não resolve o problema – só parece resolver.

Por exemplo, quando sua internet fica lenta ou para de funcionar, o problema pode ser uma falha de software no roteador. Qual falha? Difícil saber: mais fácil desligá-lo e ligá-lo de novo.

Às vezes, um programa se comporta mal no PC. Para um usuário leigo, em vez de abrir o Gerenciador de Tarefas e fechá-lo, é mais fácil reiniciar o computador – o programa também será reiniciado (ou apenas fechado), e a falha deve sumir.

Uma das falhas mais comuns é vazamento de memória, quando um programa não libera RAM. O Firefox, por exemplo, costumava consumir mais e mais memória, e ficar lento por causa disso. Ao fechá-lo, o navegador liberava toda a memória.

Outro problema comum é a tela azul da morte do Windows: ela é causada por um erro profundo, que não pode ser resolvido automaticamente. Pode ser uma falha no driver, ou no componente em si. O único jeito de escapar da falha é parar tudo e começar de novo.

É possível mitigar esses problemas. Mas, quem escreve software são humanos, e nós somos sujeitos a falhas – ou seja, dificilmente nos livraremos totalmente de falhas de software no futuro. O jeito, como sempre, será desligar e ligar de novo.

Basicamente, nenhum software está livre de bugs, e às vezes eles começam a se acumular, ou impedem que você use seu gadget. Para se livrar dos erros, é mais fácil (e mais rápido) recomeçar do zero, em vez de identificar e resolver os bugs. Claro, eles ainda estarão lá, e podem aparecer de novo: por isso reiniciar não resolve o problema – só parece resolver.

Por exemplo, quando sua internet fica lenta ou para de funcionar, o problema pode ser uma falha de software no roteador. Qual falha? Difícil saber: mais fácil desligá-lo e ligá-lo de novo.

Às vezes, um programa se comporta mal no PC. Para um usuário leigo, em vez de abrir o Gerenciador de Tarefas e fechá-lo, é mais fácil reiniciar o computador – o programa também será reiniciado (ou apenas fechado), e a falha deve sumir.

Uma das falhas mais comuns é vazamento de memória, quando um programa não libera RAM. O Firefox, por exemplo, costumava consumir mais e mais memória, e ficar lento por causa disso. Ao fechá-lo, o navegador liberava toda a memória.

Outro problema comum é a tela azul da morte do Windows: ela é causada por um erro profundo, que não pode ser resolvido automaticamente. Pode ser uma falha no driver, ou no componente em si. O único jeito de escapar da falha é parar tudo e começar de novo.

É possível mitigar esses problemas. Mas, quem escreve software são humanos, e nós somos sujeitos a falhas – ou seja, dificilmente nos livraremos totalmente de falhas de software no futuro. O jeito, como sempre, será desligar e ligar de novo.

× Como podemos te ajudar?